Loader Image

NOTÍCIAS

Infantil encerra Projeto Literatura com encontro presencial

A emoção, a alegria e o entusiasmo marcaram a visita, com todos os cuidados sanitários necessários, dos alunos da Educação Infantil às dependências do Curso G9 para o encerramento do Projeto de Literatura, realizado ao longo do primeiro semestre letivo.

 

“O Projeto de Literatura tem o objetivo de formar leitores e escritores competentes. Ao longo do semestre, cada turma fez o estudo de uma obra literária. As crianças exploraram o enredo de formas diversas, pesquisaram características sobre os personagens da história e a reescreveram”, explicou a coordenadora da Educação Infantil, Jéssica Antunes Dias.

 

Os alunos do Maternal, de acordo com Jéssica Dias, fizeram um reconto musical e os alunos dos Jardins trabalharam a reescrita da obra em estudo, inseriram mais um personagem na narrativa e produziram um livro, com texto e ilustrações próprias. “Para culminância do projeto, fizemos um agendamento prévio com as famílias para entrega presencial de uma lembrança, uma pelúcia do personagem principal da história, e para o autógrafo do livro produzido pelos pequenos escritores das turmas dos Jardins. Orientamos às famílias a seguirem o protocolo sanitário, com o uso obrigatório de máscara, higienização das mãos com álcool e distanciamento social”, disse.

 

Os encontros aconteceram entre os dias 21 e 24 de junho. Foram duas turmas por dia e o tempo de permanência de cada aluno na escola foi de 15 minutos. A entrada das crianças e dos acompanhantes aconteceu pela portaria principal. As salas foram organizadas com uma mesa para autógrafos, painel do projeto, mesa das lembranças e dos materiais.

 

De acordo com a coordenadora, foi fundamental a presença das crianças para o encerramento do projeto. “Foi um momento muito especial, de reencontro com nossos alunos. A emoção tomou conta dos professores, alunos e familiares. Alguns alunos viram a professora presencialmente pela primeira vez. As famílias se mostraram muito orgulhosas pela autoria dos filhos na escrita do livro. Também aproveitamos para fazer a entrega do box Lego e de outros materiais para serem utilizados durante as aulas”, disse.

Confira Fotos do Jardim II - Turma E53

 

Leia Mais
...
01 de julho de 2021

Infantil encerra Projeto Literatura com encontro presencial

Turma do 4º ano fazem bondinho em aula Lego

Uma atividade lúdica movimentou os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental I – Turma F41, da a professora Ana Cláudia Moreira Costa. A proposta  Lego foi a construção de um bondinho com materiais de fácil acesso em casa, como: papelão, palitos, lápis, fita adesiva, elástico ,caixinha de creme dental, barbante, clipes, garrafa pet, cola, tesoura etc.

 

Seguindo as orientações da professora, os alunos construíram os bondinhos e puderam conhecer a história do teleférico mais famoso do Brasil: o Bondinho do Pão de Açúcar,  na cidade do Rio de Janeiro.

 

“O que mais me chamou a atenção foi a forma com que os alunos improvisaram  os materiais para construir o bondinho. Foram muito criativos", disse a professora Ana Cláudia.

 

De acordo com a professora, no dia apresentação, cada aluno teve a oportunidade de contar quais foram as dificuldades e/ou as facilidades durante a construção. Nesse momento, foram desafiados a usar os conceitos tecnológicos pertinentes à construção como: rodas, polias, roldanas, alavancas, vigas, manivelas, correias, engrenagens e eixos.

 

“Ao final da atividade, os alunos avaliaram a aula e concluíram que é possível ter aula Lego sem as peças oficiais”, disse. Vale destacar que já foram entregues os kits Lego para as turmas do Ensino Fundamental I.

 

Já os alunos do 5º ano do Fundamental I também aprendem a fazer programação avançada usando o LudoBot, um pequeno robô capaz de fazer coisas incríveis por meio de programações em uma plataforma chamada Scratch

 

Leia Mais
...
29 de junho de 2021

Turma do 4º ano fazem bondinho em aula Lego

Alunos do 6º ano conversam com coreógrafo sobre Brumadinho

O diretor e coreógrafo da Cia Jovem de Paraopeba, Alan Keller, foi convidado para um momento de conversa virtual com os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental – Turmas F61 e F62, em decorrência das pesquisas para a Feira do Conhecimento de 2021.

 

Seis meses depois da tragédia de Brumadinho, a Cia Jovem de Paraopeba conquistou o 1º lugar na categoria grupo sênior de Dança Contemporânea do Festival de Joinville. Com a coreografia “Efeito Cascata”, os artistas dançaram o sofrimento daqueles mineiros cujas vidas foram abaladas direta e indiretamente por aquela avalanche de lama.

 

A Feira do Conhecimento tem como tema geral “300 anos de mineiridade: os sonhos não envelhecem” e o slogan: “Sou do mundo, sou Minas Gerais”. Já o subtema de pesquisa das turmas é “O mapa de Minas, suas serras, cachoeiras e paisagens”.

 

Orientados pelos professores Alexsandro Souza, Camila Aparecida dos Santos Pereira, Lívia Carvalho Mota Bueno e Vicente Carlos Martins, os alunos têm se aprofundado em estudos sobre o mapa de Minas Gerais, suas terras, cachoeiras e paisagens, e uma das linhas de investigação está sendo as diferentes expressões artísticas que identificam o que é mineiridade.

 

“Com muita generosidade e empatia, Alan acolheu os alunos e respondeu todas as suas perguntas a respeito de inspiração para a coreografia ‘Efeito Cascata’, as dificuldades em se elaborar e ensaiar uma coreografia, estudo e dedicação para a dança”, explicou a Livia Carvalho Mota Bueno. O encontro virtual aconteceu em 16 de junho.

 

 

Leia Mais
...
25 de junho de 2021

Alunos do 6º ano conversam com coreógrafo sobre Brumadinho

Comunicado: G9 está preparado para o retorno presencial

Terminamos o ciclo de reuniões de encerramento do primeiro trimestre das quais participaram ativamente, em todos os segmentos, a maioria das famílias, e os questionamentos colocados foram respondidos a contento. Em nenhuma das reuniões, as famílias apresentaram dúvidas quanto à volta às aulas presenciais. Solicitamos àqueles que, ainda, as têm que procurem a direção desta escola.

 

Acreditamos que as cartas as quais lhes foram enviadas esclarecem que estamos preparados para esse retorno. Outrossim, jamais foi dito pela direção desta escola que somos contrários ao retorno presencial. No entanto, em certos grupos de redes sociais, têm circulado informações, sem comprovação de caráter legal, ético e responsável, que o G9 não apoia a volta às aulas presenciais. Tal atitude leva a equívocos que ferem a integridade dos educadores e que dão exemplo de mau uso das redes sociais, de inverdade e de desrespeito àqueles por quem somos responsáveis: nossas crianças e nossos jovens.

 

Gostaríamos de ratificar que o Curso G9, como deve se portar uma instituição educacional séria, respeita as determinações dos órgãos oficiais, por isso nosso planejamento prevê que o retorno a essa modalidade observará atentamente as normas do protocolo sanitário e que continuará oferecendo a modalidade online para que os alunos que não se sintam seguros possam continuar acompanhando o processo de aprendizagem em casa.

 

Ressaltamos, finalmente, que, de forma organizada e respeitosa, temos dirigido a órgãos oficiais sugestões exequíveis para a volta às aulas presenciais o mais breve possível, respeitando o direito e a segurança de todos os envolvidos.

 

Na certeza de continuar contando com o seu apoio e a sua confiança, agradecemos, enviando-lhes nossos protestos de respeito e elevada consideração, colocando-nos à disposição para dirimir quaisquer dúvidas.

 

A Direção do Curso G9.

Leia Mais
...
22 de junho de 2021

Comunicado: G9 está preparado para o retorno presencial

Fundamental I aprende programação com o robô LudoBot

Nas aulas Lego, os alunos do Curso G9 também aprendem a fazer programação avançada usando o LudoBot, um pequeno robô capaz de fazer coisas incríveis por meio de programações em uma plataforma chamada Scratch.

 

Para auxiliar as turmas do 5º ano, da professora Ludmila Oliveira, o pai do aluno Pedro Zambrana (Turma F51), Leandro Enomoto, participou de um bate-papo virtual com os alunos. Durante o encontro, ele deu dicas de como utilizar os blocos de programação do Scratch e lançou vários desafios para os alunos: aprender na prática. O encontro aconteceu em 2 de junho.

 

O Curso G9 usa a metodologia, que inclui o material Lego, em seu planejamento pedagógico desde 2011. O projeto é uma parceria entre o Curso G9 e a Education For Life, empresa representante da Lego no país. A metodologia aplicada é a de solução de problemas: aprender fazendo, através do uso de livros específicos e de montagem e programação de robôs.

 

A parceria envolve dois programas Programa ZOOM Educação Infantil e Programa educacional Jornada Z. Saiba mais neste link.

 

Leia Mais
...
16 de junho de 2021

Fundamental I aprende programação com o robô LudoBot

Ivan Vilela conversa com alunos do Ensino Médio sobre mineiridades

O compositor, arranjador, pesquisador, professor universitário e violeiro brasileiro, Ivan Vilela, conversou com os alunos da 2ª série do Ensino Médio – Turma M22, dentro do projeto de pesquisa para a Feira do Conhecimento 2021. O encontro, pela plataforma Meet, aconteceu em 10 de junho.

 

O tema geral da Feira é “300 anos de mineiridade – os sonhos não envelhecem”. Já o subtema da Turma M22 é “Linda Juventude: os múltiplos rostos do jovem mineiro”.

 

A ideia do convite a Ivan Vilela surgiu porque as equipes estão pesquisando o modo de viver , os costumes, os gostos e as influências musicais dos jovens, em todas as regiões de Minas. Além disso, a sala tem observado a influência do Clube da Esquina em grandes compositores e intérpretes mineiros da atualidade.

 

O trabalho tem a orientação dos professores Carlos Lescura, João Sita e Regiane Ramos.

 

 

Leia Mais
...
12 de junho de 2021

Ivan Vilela conversa com alunos do Ensino Médio sobre mineiridades

Alunos da F31 trabalham adjetivos de forma leve e divertida

Momento de aprendizado e diversão no 3º ano do Ensino Fundamental I – Turma F31. A professora Helena de Fátima Muniz Motta propôs, na aula de Língua Portuguesa, a brincadeira da “caixa surpresa”. A proposta tinha como objetivo reforçar o trabalho com adjetivos.

 

As crianças confeccionaram e enfeitaram uma caixa e colocaram dentro um objeto desconhecido. No decorrer da atividade, o aluno dava pistas sobre o que havia dentro da sua caixa, e os colegas tentavam adivinhar.

 

“Foi um momento muito rico: trabalhamos o tema adjetivos de forma leve e divertida. Os alunos adoraram a atividade”, disse a professora.

Leia Mais
...
08 de junho de 2021

Alunos da F31 trabalham adjetivos de forma leve e divertida

Autora Silvana Rando conversa com alunos do Fundamental I

Pensa em um momento mágico para qual leitor. Pensou? Foi assim com as turmas do 2º ano do Ensino Fundamental I, que tiveram a oportunidade de entrevistar Silvana Rando, autora do livro “A Carta do Gildo”. O encontro, realizado pela plataforma Meet, aconteceu em 1º de junho.

 

A obra está sendo trabalhado pelas turmas neste ano. Os alunos estão encantados com história que, ao final, sugere ao leitor escrever uma carta para o personagem Gildo. Foi quando surgiu a ideia da entrevista.

 

Durante o bate-papo virtual, Silvana Rando contou como criou os personagens, a história e as ilustrações do livro, feitas por ela. Os alunos também preparam uma série de perguntas à autora: queriam saber como começou a ilustrar e a escrever livros infantis, como se inspira, que obras mais gosta na literatura nacional, entre outras.

 

Silvana Rando é autora e ilustradora premiada de livros infantis. Criou o personagem Gildo, cujo livro, publicado em 2010, ganhou o Prêmio Jabuti.

 

Leia Mais
...
04 de junho de 2021

Autora Silvana Rando conversa com alunos do Fundamental I

Atletas representam o Brasil no Pan-americano de Xadrez

Dois atletas do Curso G9 integram a equipe que irá representar o Brasil no Campeonato Pan-americano de Xadrez, que deverá ser realizado em julho, no Uruguai. Os irmãos Enzo de Almeida Ramos e Giovanna Almeida Magalhães conquistaram a classificação ao vencer o Festival Nacional da Criança (Fenac), organizado pela Confederação Brasileira de Xadrez (CBX). Com essa conquista, os alunos do Curso G9 somaram cinco títulos nacionais em 2020, um recorde para Itajubá.

 

Enzo de Almeida, aluno do 5º ano do Ensino Fundamental I, foi campeão Categoria Sub 10 Absoluto do Fenac. Mestre nacional pela Confederação Brasileira de Xadrez, ao vencer Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar, ele também foi campeão da Categoria Sub 14 do Campeonato Mineiro de Xadrez Clássico 2020.

 

Giovana Almeida, de 5 anos, venceu a categoria Sub 08 Feminino do Fenac, destinada aos atletas de até 8 anos. Aluna do Jardim II em 2020, Giovanna Almeida foi campeã na categoria Pré-Escolar do Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar 2020, que lhe rendeu o título de Mestre Nacional, a mais nova do Brasil.

 

O outro aluno do Curso G9 campeão nacional em 2020 é André Britto, do 3º ano do Ensino Fundamental I, que venceu em sua categoria no Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar.

 

XADREZ ESCOLAR

“Estou muito feliz e satisfeito com o desempenho dos nossos atletas. Isso, sem dúvida, é fruto do trabalho que está sendo feito, há dez anos, pelo Curso G9”, explicou o professor de Xadrez, Toninho Martins. “É muito bom perceber a formação de uma nova geração de campeões do colégio”, completou.

 

Enzo Almeida disse que participar do Pan-americano “é mais um sonho sendo realizado”. “Fiquei muito feliz com o título do Fenac; precisei de muito treino e dedicação para consegui-lo. Agradeço a Deus todos os dias, e sou muito grato ao Curso G9 e ao professor Toninho porque, sem esse apoio, não teria chegado até aqui”, ressaltou.

 

“Esse é o meu segundo título brasileiro. Estou feliz que vou participar do pan-americano e ansiosa para jogar e viajar com meu irmão. Enzo e o professor Toninho me ensinam a ser como eles são”, disse Giovanna Almeida.

 

 

Leia Mais
...
01 de junho de 2021

Atletas representam o Brasil no Pan-americano de Xadrez

Alunos conquistam dez medalhas na Canguru de Matemática

Alunos do Curso G9 conquistaram dez medalhas na edição 2021 da olimpíada Canguru de Matemática Brasil, realizada em março passado. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira, 17 de maio. Do total de medalhas, três são de ouro, três de prata, três de bronze e uma Honra ao Mérito.

 

A Canguru de Matemática reuniu, de forma online, estudantes matriculados regularmente desde o 3º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio. O colégio teve a participação de 78 alunos nesta edição. No ano passado, o Curso G9 conquistou três medalhas na competição.

 

O Curso G9 incentiva os alunos a participarem nas mais variadas olimpíadas do conhecimento porque essas provas ajudam a desenvolver a disciplina, o foco nos estudos e são um ótimo treinamento para os vestibulares. Várias universidades já adotam as notas de olimpíadas como opção aos vestibulares, como Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e Unifei (Universidade Federal de Itajubá).

 

SENSIBILIZAÇÃO

Em 11 de maio, os ex-alunos Luíza Gonçalves (UFMG), Pedro Henrique Mouallem (Unifei) e Renan Barbosa Silva (Unifei) conversaram com os alunos do 6º ao 9º anos do Ensino Fundamental II sobre a importância de participar das olimpíadas do conhecimento.

 

Em comum, todos foram medalhistas em olimpíadas do conhecimento: Luíza Gonçalves e Renan Barbosa foram premiados em várias edições da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA); e Pedro Henrique, conquistou medalha na ONC (Olimpíada Nacional de Ciências).

 

Aliás, Renan Barbosa Silva, medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) 2020, foi o primeiro do colégio a entrar na Unifei (Universidade Federal de Itajubá) dessa forma.

 

Os alunos interessados em participar das demais olimpíadas que irão acontecer ainda este ano, como OBA e OBMEP, devem procurar os professores Mateus Francisco ou Vicente Carlos Martins ou a coordenação pedagógica do segmento.

 

CANGURU BRASIL

Com origem na França, essa olimpíada do conhecimento é administrada globalmente pela Associação Canguru sem Fronteiras (Association Kangourou sans Frontières – AKSF). O concurso, que é o maior do gênero no mundo, reúne em média 6 milhões de participantes por ano, de ao menos 75 países.

 

O concurso é dividido em seis níveis: nível P (Pre Ecolier) – alunos do 3º e 4º anos do EFI; nível E (Ecolier) – alunos do 5º e 6º anos do EFI e EFII, respectivamente; nível B (Benjamin) – alunos do 7º e 8º anos do EFII; nível C (Cadet) – alunos do 9º ano do EFII; nível J (Junior) – alunos da 1ª e 2ª séries do EM; e nível S (Student) – alunos da 3ª série do EM.

 

Confira os alunos medalhistas do Curso G9:

 

OURO

Maria Luísa Ribeiro e Silva – 8° AnoJoão Pedro Tilmann de Souza – 1ª SériePedro Féris Renno El Alam – 1ª Série

 

PRATA

Marcos Renato Gonçalves Dias – 8° AnoThalita Guimarães Pedrosa – 6° AnoLetícia Ribeiro Guedes – 8° Ano

 

BRONZE

Matheus Dourado de Campos Lima – 9° AnoPedro Ferreira Cardozo – 8° AnoLivia Castilho Pereira – 2ª Série

 

HONRA AO MÉRITO

Rafael Monti Benac – 3ª Série

Leia Mais
...
17 de maio de 2021

Alunos conquistam dez medalhas na Canguru de Matemática

Saúde mental é tema de curso de formação aos professores

O Curso G9, em parceria com a psicóloga Ana Luísa Fernandes, preparou um circuito formativo para os professores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I para debater temáticas relacionadas à saúde mental.

 

O primeiro encontro, realizado em 6 de maio, teve como tema “Identificando as emoções: como as crianças externalizam seus sentimentos?”. Haverá outros três encontros, em que serão debatidos a ansiedade, a depressão e o medo.

 

“Nosso objetivo, ao propor e elaborar esse projeto, é preparar a equipe docente para atuar na prevenção do adoecimento emocional das crianças”, explicou a coordenadora da Educação Infantil, Jéssica Antunes Dias.

 

Para a psicóloga Ana Luísa, “a prevenção é a melhor forma de intervenção em meio aos conflitos que temos vivenciado e vivenciaremos nos próximos meses”. “Estar próximo aos educadores nesse momento é de grande valia não só pela prevenção ao adoecimento emocional das nossas crianças, mas também pelo cuidado com os docentes que são e sempre serão referência e espelho às crianças”, explicou.

 

Confira os próximos encontros: em 20/05, o tema será “Ansiedade: E agora?”; em 10/06, “Como trabalhar com o ‘monstrinho’ da depressão na infância?”; e, em 24/06, “Ter medo é sempre algo ruim? Identificando o medo necessário à sobrevivência”.

 

Saúde Mental

O Curso G9 se preocupa muito com a educação socioemocional de seus alunos. Por isso, em parceria com a Geekie, selecionou, quatro artigos que tratam de temas muito importantes, como fortalecimento de vínculos, conexões afetuosas e outras ferramentas que podem contribuir para a melhoria da saúde mental de crianças e adolescentes. Clique aqui e confira.  

Leia Mais
...
13 de maio de 2021

Saúde mental é tema de curso de formação aos professores

Comunicado às famílias: retorno às atividades presenciais

Senhores pais ou responsável,

Vimos informar-lhes que continuamos aguardando autorização dos órgãos oficiais para o retorno às aulas presenciais e que, no mesmo dia dessa liberação, enviaremos às famílias uma nova pesquisa a fim de nos certificarmos da intenção de retorno à modalidade presencial.

É de suma importância que essa pesquisa seja devolvida em até 24 horas, pois, de posse dos dados, organizaremos as turmas obedecendo ao limite do distanciamento definido pelo protocolo sanitário e o respectivo revezamento de turmas. A seguir, enviaremos o cronograma do retorno, no qual constará o horário de chegada e de saída dos alunos, o escalonamento das turmas, a data e o horário das reuniões de pais dos diferentes segmentos e as informações pertinentes aos cuidados e segurança necessários a toda comunidade escolar.   

Na certeza de sua acolhida, agradecemos, enviando-lhes nossos protestos de respeito e consideração e nos colocamos à disposição para dirimir quaisquer dúvidas.

Atenciosamente,

Direção do Curso G9

Leia Mais
...
12 de maio de 2021

Comunicado às famílias: retorno às atividades presenciais

Grupo de Teatro produz curtas para falar sobre problemas sociais

Alunos da Oficina de Teatro do Curso G9 apresentaram às turmas do Ensino Fundamental II, três teatros, em forma de curta-metragem, no gênero Comédia de Tipo. Eles abordaram problemas sociais, como violência urbana e bullying. Toda a roteirização, produção e edição foram feitas por eles, de forma remota, e supervisionada pelo professor Luan Fernandes.

 

“Os alunos fizeram um trabalho lindo e trouxeram para reflexão alguns problemas sociais que entenderam como sendo algo que precisa ser mencionado e discutido”, explicou o professor. “Quero destacar o envolvimento de todos pelo desafio de gravar e editar as cenas à distância”, completou.

 

As peças, no formato curta-metragem, foram apresentadas às turmas do 6º ao 9º ano do Fundamental II, nos dias 5 e 6 de maio. Em cada série, houve também uma bate-papo com as turmas. “Foi muito rica a experiência, pois, ao final, movidos pela apresentação, muitos alunos e professores compartilharam sentimentos e puderam se divertir com dinâmicas teatrais pelo grupo”, ressaltou Luan Fernandes.

Leia Mais
...
06 de maio de 2021

Grupo de Teatro produz curtas para falar sobre problemas sociais

Professor do G9 ministra palestra em evento da Editora Oxford

O professor do Curso G9, Marco Antonio Carneiro, o Kako, ministrou palestra aos professores do Programa Bright Futures, da Editora Oxford University Press. O evento, realizado em 30 de abril, teve como objetivo promover o desenvolvimento e troca de experiências entre os professores atuantes no programa bilíngue.

 

O Fórum Bright Futures contou com a participação de palestrantes do México, da Espanha, da Inglaterra e do Brasil, todos integrantes do departamento de desenvolvimento profissional para professores de inglês da Oxford Inglaterra.

 

O Curso G9 mantém parceria com a Oxford desde 2016, quando o colégio foi uma das três escolas mineiras selecionadas para integrar os projetos da Oxford University Press, os quais buscam oferecer excelência no ensino de Inglês.

 

A Oxford University Press no Brasil é um departamento da Universidade de Oxford, na Inglaterra, e seus materiais para o ensino de línguas são utilizados pelas mais renomadas instituições de ensino em todo o mundo. Clique aqui e saiba mais sobre o Projeto Bilíngue.

Leia Mais
...
03 de maio de 2021

Professor do G9 ministra palestra em evento da Editora Oxford

Comunicado às famílias sobre o retorno às aulas presenciais

Cientes de que circulam, em nossa cidade, notícias de que o retorno às aulas presenciais poderia acontecer na próxima semana, gostaríamos de informar-lhes que

●     o Curso G9 está preparado para o retorno às aulas presenciais, assim que for liberado pelos órgãos oficiais.

●     a Prefeitura Municipal de Itajubá divulgou, em 29/04/2021, que a cidade permanece na onda vermelha até 07/05/2021.

●  o prefeito municipal de Itajubá, em reunião com os diretores das escolas particulares, anunciou que liberaria um decreto autorizando essas instituições a retornarem às aulas presenciais quando Itajubá estivesse na onda amarela.

●     após essa autorização do poder público, o Curso G9 fará uma nova pesquisa de intenção de retorno à modalidade presencial e enviará todas as orientações pertinentes.

●    conforme foi apresentado em nossas reuniões no início do ano, o planejamento do Curso G9, respeitando as determinações dos órgãos oficiais, prevê que o retorno será com rodízio semanal e escalonado de acordo com a quantidade de alunos permitida em cada turma e que será gradualmente ampliado, começando pela retomada presencial dos alunos da Educação Infantil e assim sucessivamente.

●     também haverá escalonamento de horário de entrada e saída de alunos para evitar aglomeração.

●     mesmo com o retorno às aulas presenciais, continuaremos oferecendo a modalidade online para que os alunos que ainda não se sintam seguros possam acompanhar o processo de aprendizagem em casa.

●     é de suma importância para o Curso G9 que o retorno às aulas presenciais seja seguro, com muita prudência e com o máximo de compreensão mútua, neste momento de grande fragilidade.

 

Certos de continuar contando com o apoio e a colaboração de todos, agradecemos, enviando-lhes nossos protestos de respeito e consideração, colocando-nos à disposição para dirimir quaisquer dúvidas,

 

 

Direção do Curso G9

Leia Mais
...
30 de abril de 2021

Comunicado às famílias sobre o retorno às aulas presenciais

Artigos: Como está a saúde emocional de seu filho e sua filha?

O Curso G9 se preocupa muito com a educação socioemocional de nossos alunos. Por isso, em parceria com a Geekie, selecionamos, para você, quatro artigos que tratam de temas muito importantes, como fortalecimento de vínculos, conexões afetuosas e outras ferramentas que podem contribuir para a melhoria da saúde mental de crianças e adolescentes.

 

Confira abaixo os artigos - é só clicar no link de interesse. Vale a pena a leitura!

 

Famílias mais conectadas com seus filhos e suas filhas na Nova Era da Educação

O confinamento trouxe oportunidades preciosas às famílias, como o fortalecimento das conexões com crianças e jovens, o aumento da corresponsabilidade na educação e o uso maior de tecnologias digitais para acompanhar de perto a vida escolar. Resta saber se todas essas mudanças vão perdurar na era pós-coronavírus. Confira a opinião e dicas da especialista em Disciplina Positiva, Bete P. Rodrigues.

 

Dicas sobre como enfrentar os desafios no processo de educação dos filhos

O escritor Marcos Piangers ministrou uma palestra online no programa Todos na Primeira Fileira, no canal da Geekie no Youtube, em outubro. Ele falou sobre os desafios das famílias no processo de educação de seus filhos e suas filhas na pandemia. Também a importância do bom uso das tecnologias e das habilidades humanas nas futuras profissões.

 

Escuta ativa na escola é o tema do segundo encontro do Circuito Geekie

Palestra aconteceu em 8 de abril e mostrou a importância do respeito e da empatia na comunicação para propor soluções e acolher estudantes, famílias e corpo docente.

 

Como melhorar o engajamento e a motivação de adolescentes nos estudos? A neurociência explica

O sono durante a aula, o mau humor ao fazer a lição de casa ou a irritação na hora de estudar para as provas. Tudo isso pode parecer preguiça ou má vontade, mas não é bem assim. A culpa pode ser dos hormônios e da remodelação cerebral, que ocorrem na adolescência. Saiba como a neurociência explica esses fenômenos e aprenda a como ajudar seu filho ou sua filha durante esta fase.

Leia Mais
...
16 de abril de 2021

Artigos: Como está a saúde emocional de seu filho e sua filha?

TOPO