Loader Image

NOTÍCIAS

Aluno do Curso G9 está na final da Olimpíada de Informática

 

O aluno da 1ª série do Ensino Médio (Turma M12) do Curso G9, João Pedro Tilmann de Souza, foi aprovado para a Fase Nacional da Olimpíada Brasileira de Informática (OBI), na Modalidade Programação, após superar nas etapas local e estadual. A olimpíada é organizada pelo Instituto de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

 

A  prova será realizada neste sábado, 25 de setembro. Na Modalidade Programação as provas são feitas no computador, com tarefas de programação que podem ser resolvidas com uma linguagem de programação entre Python, C, C++, Java, JavaScript e Pascal.

 

“Estamos muito felizes com o resultado porque é a primeira vez que nossos alunos participam dessa prova. O João Pedro foi o único que conseguiu avançar para a fase final”, disse o professor de Matemática, Mateus Francisco Bibiano.

 

O Curso G9 já tem uma longa tradição, com ótimos resultados, em outras olimpíadas do conhecimento, como Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), olimpíada Canguru de Matemática, OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas), ONC (Olimpíada Nacional de Ciências) e ONHB (Olimpíada Nacional em História do Brasil).

 

INCENTIVO

“Foi muito gratificante ver os resultados e a evolução que tive de uma fase para outra: foram momentos de muita prática e de aprender com os erros, uma vez que meus resultados na primeira fase não foram tão bons”, explicou João Pedro. O aluno conta que, desde pequeno, sempre se interessou por assuntos relacionados à robótica. “Participar da OBI foi uma oportunidade de melhorar minha lógica de programação e, finalmente, aprender  uma linguagem escrita”, completou.

 

Para o professor Mateus Francisco, com o projeto de robótica implantado pelo Curso G9 há mais de dez anos e a participação em torneios externos, “é natural que alguns de nossos alunos demonstrem interesse em se aprofundar em alguma linguagem de programação”. “Por esse motivo, incentivamos a participação na Olímpiada Brasileira de Informática, que tem como objetivo promover soluções de desafios com engenhosidade e apoiado em temas que despertam o interesse pela computação”, destacou.

 

Leia Mais
...
23 de setembro de 2021

Aluno do Curso G9 está na final da Olimpíada de Informática

Turmas do Ensino Médio aprendem eletrônica na prática

Os professores de Matemática, Mateus Bibiano Francisco e Vicente Carlos Martins, trabalharam o tema resistência elétrica durante aula para os alunos da 2ª série do Ensino Médio do Curso G9. A atividade prática utilizou o material “Introdução à Eletrônica”, da Zoom Education for Live, parceira do colégio desde 2011.

 

“Atividades como essa atraem a atenção dos alunos porque eles colocam, literalmente, a mão na massa: cada um tem o seu kit e pode ir realizando as tarefas à medida que trabalhamos os conceitos teóricos”, explica o professor Mateus Francisco.

 

Ele lembra que os interessados no tema podem se aprofundar nas pesquisas no itinerário “Isto é Matemática e Laboratório Steam II”, que acontecem semanalmente. Os itinerários formativos, previstos na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), foram implantados pelo Curso G9 no início deste ano.

 

Durante a aula prática, as turmas M21 e M22 puderam conhecer o conceito de resistor elétrico e sua aplicação em um circuito elétrico; aplicar o conceito de resistência elétrica em situações reais em um circuito elétrico; e entender na prática uma associação em paralelo de componentes em um circuito elétrico.

 

 

Leia Mais
...
02 de setembro de 2021

Turmas do Ensino Médio aprendem eletrônica na prática

Turma do 4º ano fazem bondinho em aula Lego

Uma atividade lúdica movimentou os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental I – Turma F41, da a professora Ana Cláudia Moreira Costa. A proposta  Lego foi a construção de um bondinho com materiais de fácil acesso em casa, como: papelão, palitos, lápis, fita adesiva, elástico ,caixinha de creme dental, barbante, clipes, garrafa pet, cola, tesoura etc.

 

Seguindo as orientações da professora, os alunos construíram os bondinhos e puderam conhecer a história do teleférico mais famoso do Brasil: o Bondinho do Pão de Açúcar,  na cidade do Rio de Janeiro.

 

“O que mais me chamou a atenção foi a forma com que os alunos improvisaram  os materiais para construir o bondinho. Foram muito criativos", disse a professora Ana Cláudia.

 

De acordo com a professora, no dia apresentação, cada aluno teve a oportunidade de contar quais foram as dificuldades e/ou as facilidades durante a construção. Nesse momento, foram desafiados a usar os conceitos tecnológicos pertinentes à construção como: rodas, polias, roldanas, alavancas, vigas, manivelas, correias, engrenagens e eixos.

 

“Ao final da atividade, os alunos avaliaram a aula e concluíram que é possível ter aula Lego sem as peças oficiais”, disse. Vale destacar que já foram entregues os kits Lego para as turmas do Ensino Fundamental I.

 

Já os alunos do 5º ano do Fundamental I também aprendem a fazer programação avançada usando o LudoBot, um pequeno robô capaz de fazer coisas incríveis por meio de programações em uma plataforma chamada Scratch

 

Leia Mais
...
29 de junho de 2021

Turma do 4º ano fazem bondinho em aula Lego

Fundamental I aprende programação com o robô LudoBot

Nas aulas Lego, os alunos do Curso G9 também aprendem a fazer programação avançada usando o LudoBot, um pequeno robô capaz de fazer coisas incríveis por meio de programações em uma plataforma chamada Scratch.

 

Para auxiliar as turmas do 5º ano, da professora Ludmila Oliveira, o pai do aluno Pedro Zambrana (Turma F51), Leandro Enomoto, participou de um bate-papo virtual com os alunos. Durante o encontro, ele deu dicas de como utilizar os blocos de programação do Scratch e lançou vários desafios para os alunos: aprender na prática. O encontro aconteceu em 2 de junho.

 

O Curso G9 usa a metodologia, que inclui o material Lego, em seu planejamento pedagógico desde 2011. O projeto é uma parceria entre o Curso G9 e a Education For Life, empresa representante da Lego no país. A metodologia aplicada é a de solução de problemas: aprender fazendo, através do uso de livros específicos e de montagem e programação de robôs.

 

A parceria envolve dois programas Programa ZOOM Educação Infantil e Programa educacional Jornada Z. Saiba mais neste link.

 

Leia Mais
...
16 de junho de 2021

Fundamental I aprende programação com o robô LudoBot

Curso G9: ano letivo de conquistas nas competições escolares

Um fim de ano letivo recheado de conquistas dos alunos do Curso G9 em competições de robótica, de xadrez e nas olimpíadas escolares. Todas as atividades aconteceram de forma remota em função do necessário isolamento social para conter a Covid-19.

 

“Apesar das dificuldades decorrentes da pandemia, conquistar o bicampeonato para o Curso G9 revela que estamos no caminho certo”, disse o professor de Matemática e um dos mentores das equipes, Mateus Francisco, ao falar da conquista do colégio no Torneio Brasil de Robótica (TBR).

 

A GDroid conquistou o primeiro lugar geral da Etapa Nacional 2020 do TBR, na Categoria High, para alunos de 15 a 19 anos. O anúncio foi feito, em 12 de dezembro, por meio de transmissão da organização do evento pelo YouTube. Em 2019, a grande vencedora foi a Equipe GTEeN, que disputou a competição na Categoria Middle 2, voltada aos alunos de 12 a 15 anos. Agora em 2020, venceu na Categoria Tecnologia & Engenharia.

 

Para Vicente Carlos Martins, o mentor mais antigo das equipes de robótica do Curso G9, a trajetória vitoriosa da GDroid, que tem apenas três anos de existência, vem coroar o trabalho que é desenvolvido pelo colégio. “Há mais de dez anos, o Curso G9 investe em robótica e na criação de equipes competitivas”, destacou.

 

“A GTEeN é a mais longeva participante do TBR e a que obteve o maior número de premiações nesses dez anos. A equipe esteve muito bem neste ano e garantiu o 1º lugar no difícil quesito ‘Tecnologia e Engenharia’, que é o projeto, a montagem e a programação do robô”, disse Vicente Martins.

 

A GTEeN e GDroid chegaram à etapa nacional depois de vencerem a Etapa Regional Mineira, realizada em outubro.

 

Xadrez Escolar

O Curso G9 foi o grande destaque na cerimônia de premiação do Circuito Mineiro de Xadrez Escolar 2020, realizado de forma online, em 5 de dezembro. Isso porque o colégio conquistou três títulos dos cinco possíveis: Melhor Escola, Atleta Campeão Categoria A e Atleta Campeão na Categoria D.

 

A competição foi uma realização da Federação Mineira de Xadrez (FMX), com apoio da Genius – Academia de Xadrez. O Circuito Mineiro de Xadrez Escolar 2020 reuniu em torno de 500 alunos, de 70 escolas do Estado. A última e decisiva etapa aconteceu nos dias 28 e 29 de novembro.

 

A presidente da FMX, Luciane S. Viana, parabenizou a escola pelos títulos e classificou o Curso G9 “como uma referência em Minas Gerais quando se fala em Xadrez, pois tem se destacado em vários torneios estudantis ao longo dos anos”.

 

“Temos orgulho de estar presente no circuito de xadrez do nosso estado e país. Essa conquista vem coroar nosso projeto pedagógico, iniciado há mais de dez anos, porque acreditamos muito no esporte como uma ferramenta para a formação integral de nossos alunos”, disse o diretor de Planejamento do Curso G9, Giovanni Henrique Faria Floriano, que participou da cerimônia.

 

Além do título de Melhor Escola da competição, o Curso G9 conquistou outras duas categorias: André Bernardo Britto, do 3º ano do Ensino Fundamental I, foi campeão da Categoria A; e Pedro Arango Esteban, da 2ª série do Ensino Médio, campeão da Categoria D. André Brito é mestre nacional pela Confederação Brasileira de Xadrez.

 

O Curso G9 também se destacou com a participação dos irmãos e Mestres Nacionais Giovanna Almeida Magalhães e Enzo de Almeida Ramos, que também disputaram a final de suas respectivas categorias.

 

Vale destacar que André Britto e os irmãos Enzo de Almeida Ramos e Giovanna Almeida Magalhães conquistaram o título de Mestre Nacional pela Confederação Brasileira de Xadrez (CBX), órgão máximo do esporte no Brasil, pelo ótimo desempenho no Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar 2020, realizado nos dias 25 e 26 de julho de 2020.

 

Olimpíadas Escolares

Alunos do Curso G9 conquistam 15 medalhas na 23ª edição da OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica). Do total, cinco são medalhas de ouro, nove de prata e uma de bronze. O aluno Vinicius Moreira Campos também conquistou uma medalha de ouro na 14ª Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG).

 

Outra boa notícia para os medalhistas do Curso G9: Elisa de Lorenzi, Enzo Conti, João Pedro Bernardo, João Pedro Tilmann, Mariana Amorim, Renan Barbosa, Thiago Taets, Vinicius Ferreira, Vinicius Moreira e Vinícius Souza irão participar da pré-Seleção para as Olimpíadas Internacionais de Astronomia de 2021.

 

A OBA e a MOBFOG são organizadas, em âmbito nacional, pela Sociedade Astronômica Brasileira e pela Agência Espacial Brasileira.

 

Em agosto de 2020, três alunos conquistam bronze na olimpíada Canguru de Matemática, que está em sua 11ª edição. O Curso G9 também foi, pela décima vez consecutiva, finalista da Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), promovida pela Unicamp.

 

O Curso G9 será representado por 35 alunos, do Ensino Médio e 9º anos do Ensino Fundamental II, na segunda fase da Olimpíada Nacional de Ciências (ONC). A prova será realizada em 22 de janeiro de 2021. 

Leia Mais
...
23 de dezembro de 2020

Curso G9: ano letivo de conquistas nas competições escolares

GDroid é campeã geral do Torneio Brasil de Robótica 2020

O Curso G9 é bicampeão do Torneio Brasil de Robótica (TBR) com o primeiro lugar geral da Etapa Nacional 2020 conquistada pela equipe GDroid. O anúncio foi feito neste sábado, 12 de dezembro, por meio de transmissão da organização do evento pelo YouTube. Em 2019, a grande vencedora foi a Equipe GTEeN que, neste ano, venceu na Categoria Tecnologia & Engenharia.

 

Destaques individuais para os atletas robóticos Luiza Gonçalves e Pedro Henrique Gonçalves Mouallem, ambos da 3ª série do Ensino Médio, que foram agraciados com bolsa de estudo do Centro Universitário ENIAC. No total, a organização do evento destinou seis bolsas de estudo aos participantes que se destacaram durante a competição.

 

“Apesar das dificuldades decorrentes da pandemia, conquistar o bicampeonato para o Curso G9 revela que estamos no caminho certo e que as incontáveis horas de dedicação valeram a pena”, disse o professor de Matemática e um dos mentores da equipe, Mateus Francisco.

 

Tradição em Robótica

Para Vicente Carlos Martins, o mentor mais antigo das equipes de robótica do Curso G9, a trajetória vitoriosa da GDroid, que tem apenas três anos de existência, vem coroar o trabalho que é desenvolvido pelo colégio. “Há mais de dez anos, o Curso G9 investe em robótica e na criação de equipes competitivas”, destacou.

 

“A GTEeN é a mais longeva participante do TBR e a que obteve o maior número de premiações nesses dez anos. Agora em 2020 conquistou o 1º. lugar no difícil quesito ‘Tecnologia e Engenharia’, que é o projeto, a montagem e a programação do robô”, disse Vicente Martins.

 

A GTEeN e GDroid chegaram à etapa nacional depois de vencerem a Etapa Regional Mineira. A GTEeN conquistou a Categoria Middle 2, para alunos de 12 a 15 anos, e a GDroid venceu a Categoria High, para alunos de 15 a 19 anos.

 

Recompensa

“Foi muito gratificante poder continuar desenvolvendo programações e usando o que aprendemos nos anos anteriores para explorar o nosso robô, ainda que de maneira virtual; ver um prêmio nacional nos recompensando por todo esse esforço nos motiva a continuar ousando e criando cada vez mais em robótica”, disse João Pedro Tilmann de Souza, aluno do 9º ano do Ensino Fundamental II (Turma F92), da equipe GTEeN.

 

Para Luíza Gonçalves, é muito gratificante receber a bolsa de estudos do Centro Universitário ENIAC, “pois ela representa mais um reconhecimento dos nossos esforços nos trabalhos para o Torneio Brasil de Robótica”. A bolsa é fruto de todo empenho e dedicação da equipe. Fico mais feliz ainda de recebê-la junto com o Pedro, que participa da GDroid desde a sua formação”, disse.

 

“Estava em um momento de muita celebração com a conquista do primeiro lugar no TBR quando a organização do evento anunciou os contemplados com as bolsas. Foi mais um motivo de comemoração, principalmente para mim e minha colega de robótica Luiza, que me convidou para participar da equipe. Foi nosso último campeonato e nos despedimos, muito gratos e felizes, vendo que a equipe cresceu e já faz história”, completou.

 

Leia Mais
...
16 de dezembro de 2020

GDroid é campeã geral do Torneio Brasil de Robótica 2020

GTEeN e GDroid vencem etapa mineira do Torneio de Robótica

As duas equipes do Curso G9, GTEeN e GDroid, foram campeãs da Fase Regional Minas Gerais do Torneio Brasil de Robótica (TBR) e estão classificadas para a etapa nacional, que acontecerá em dezembro. O resultado foi divulgado neste sábado, 31 de outubro, por meio de uma live da organização do evento, no Youtube.

 

A GTEeN conquistou a Categoria Middle 2, para alunos de 12 a 15 anos, e a GDroid venceu a Categoria High, para alunos de 15 a 19 anos. As equipes têm como mentores os professores de Matemática, Vicente Carlos Martins e Mateus Francisco.

 

“Vencer o TBR foi uma emoção muito grande, mesmo a premiação sendo virtual. Com o primeiro lugar, garantimos nossa vaga para a nacional, e estamos empenhados em apresentar o melhor trabalho possível nessa etapa final”, disse o aluno Vinicius Ferreira dos Santos, da 2ª série do Ensino Médio (Turma M21) e membro da GDroid.

 

Para Fabiano Júnior, do 9º ano do Ensino Fundamental II (Turma F91), a GTEeN tem um histórico de 11 gerações de participação em torneios de robótica, “mas cada competição traz uma emoção diferente”. Em 2019, GTEeN foi a campeã geral da categoria Middle da Fase Nacional do TBR, título inédito para Itajubá.

 

“Quando chega o resultado, a gente percebe que todo o esforço e trabalho duro, principalmente neste período de isolamento, valeu à pena. A emoção de ver o nome da equipe e o reconhecimento do nosso trabalho em nossas telas foi das maiores alegrias da minha vida. Estou muito feliz porque alcançamos nossos objetivos”, ressaltou Fabiano Júnior, membro da GTEeN.

 

TBR 2020

Pela primeira vez em sua história, o Torneio Brasil de Robótica foi realizado totalmente pelas plataformas digitais em função da pandemia da Covid-19, mas manteve a forma de avaliação das equipes. São analisados três quesitos na competição: Organização e Método (a dinâmica do trabalho colaborativo); Pesquisa (com embasamento em referenciais e indicações advindas da entrevista com profissionais da área de fitossanidade, tema deste ano); e Tecnologia e Engenharia (alunos programaram e simularam ações de um robô com auxílio do Open Roberta Lab). Confira aqui como foi a preparação das equipes.

 

“Apesar de todas as adversidades que vivenciamos durante este ano, as equipes mostraram resiliência, conseguindo colher os frutos de longas horas de trabalho e dedicação, mesmo que distantes fisicamente”, disse Mateus Francisco, um dos mentores das equipes. Para a fase nacional, ele garante que GTEeN e GDroid “seguem confiantes, focando nas adaptações necessárias para essa etapa da competição, de modo a apresentar o melhor resultado possível”.

 

Cláudio Alvim Scianni, representante do TBR em Minas Gerais, agradeceu, durante a live no YouTube, “aos atletas, aos pais, aos mentores e às escolas que se adaptaram para a realização do TBR virtual”. “Continuamos firmes e fortes nesse caminho porque isso não é só um torneio de robótica. Esse evento promove transformação, produz ciência, produz conhecimento e mostra a importância do trabalho em equipe, é um legado para a vida de cada um”.

Leia Mais
...
04 de novembro de 2020

GTEeN e GDroid vencem etapa mineira do Torneio de Robótica

GTEeN e GDroid concluem trabalhos para TBR 2020 virtual

As equipes do Curso G9, GTEeN e GDroid, concluíram com êxito todos os trabalhos exigidos para a etapa regional do Torneio Brasil de Robótica (TBR). Pela primeira vez, a tradicional competição foi realizada por meio de uma plataforma digital. O resultado, com as classificadas para a Fase Nacional, será divulgado durante live pelo YouTube, no próxima dia 31.

 

Para Mateus Francisco Bibiano, professor de Matemática do Curso G9 e um dos tutores das equipes, participar de um torneio virtual “está sendo uma experiência interessante porque exige muita dedicação e organização”. “Tivemos que fazer muitas adaptações, em particular, por utilizar uma simulação com robô virtual e desenvolver ações para arrecadação de fundos, como o bingo e a rifa virtuais”, explicou. O outro tutor da equipe é o também professor de Matemática, Vicente Carlos Martins.

 

“As equipes demonstraram muita seriedade e compromisso e aceitaram o desafio, mostrando muita competência em toda essa trajetória”, completou. A organização de rifas e do bingo virtual a se se referiu são ações colaborativas que entram na avaliação da Organização e Método da equipes, que também são avaliadas em outros dois quesitos: Tecnologia e Engenharia (alunos programam e simulam ações de um robô com auxílio do Open Roberta Lab) e Pesquisa (com embasamento em referenciais e indicações advindas da entrevista com profissionais da área de fitossanidade).

 

TRADIÇÃO G9

As equipes de robótica do Curso G9 têm tradição em competições locais e nacionais, tendo conquistado vários títulos. Em 2019, por exemplo, a GTEeN foi a campeã geral da categoria Middle da Fase Nacional do TBR, título inédito para Itajubá.

 

“Foi uma experiência muito enriquecedora, já que desenvolvemos a habilidade de adaptar toda pressão para apresentação de nossos projetos a uma banca de avaliação virtual. Apesar disso, a emoção e a torcida continuaram a mesma durante os desafios do robô”, disse Vinícius Ferreira dos Santos, da 2ª série do Ensino Médio (Turma M21), da equipe GDroid, sobre o TBR virtual.

 

Para Ana Lívia Franqueira, da mesma turma e equipe, “vivemos uma experiência totalmente nova no final de semana”. “Foi quando mostramos o resultado de meses de trabalho, superando desafios e demonstrando a capacidade de resiliência da equipe. Com certeza, é muito gratificante perceber nossa união em casa ação”, disse.

 

“Desde o início, procuramos dar o nosso melhor nos métodos online e, por fim, conseguimos atingir nossos objetivos. Os torneios presenciais fazem falta, mas creio que devemos aproveitar este período atípico para tirar coisas boas e evoluir”, ressaltou a aluna Marina Carmanhani, do 9º ano do Ensino Fundamental II (Turma F91), integrante da GTEeN.

 

TBR 2020

A GTEeN irá disputar a Categoria Middle 2 do Torneio Brasil de Robótica 2020, voltada aos alunos de 12 a 15 anos, e tem como proposta de pesquisa identificar um problema relacionado à erradicação de pragas e doenças de plantas ou gerenciá-las melhor quando isso não for possível, estudá-lo e propor uma solução inovadora.

 

Já a GDroid disputará a Categoria High, para alunos de 15 a 19 anos, e deve identificar um problema relacionado à proteção de plantas que são a primeira linha de defesa contra pragas e doenças, estudá-lo e propor uma solução inovadora.

 

Leia Mais
...
20 de outubro de 2020

GTEeN e GDroid concluem trabalhos para TBR 2020 virtual

Parceira do Curso G9 conquista prêmio TOP Educação

 

A ZOOM – Education for Life conquistou, pela terceira vez consecutiva, o prêmio TOP Educação, na categoria Educação Tecnológica, concedida pela Revista Educação. O Curso G9 é parceiro da empresa por meio da AME Educacional, representante Lego em várias regiões de Minas Gerais.

 

O TOP Educação é uma pesquisa quantitativa de participação espontânea que tem como objetivo apontar as marcas mais lembradas entre as empresas que atuam na área de educação. “Este é o grande diferencial da premiação: são educadores reconhecendo educadores pelos seus projetos”, disse Leonardo Mendonça, diretor de Marketing ZOOM – Education for Life.

 

“É um orgulho para nós dividir esse sonho com todos os parceiros: o sonho de poder transformar as pessoas, os jovens e as crianças e, com isso, poder ajudar na mudança do mundo”, destacou. A ZOOM – Education for Life está presente em todos os estados brasileiros, em mais de 600 escolas.

 

ROBÓTICA EDUCACIONAL

O Curso G9 usa a metodologia do projeto Lego em seu planejamento pedagógico desde 2011. O projeto é uma parceria entre o Curso G9 e a ZOOM Education For Life, empresa representante da Lego no país.

 

A metodologia aplicada é a de solução de problemas: aprender fazendo, através do uso de livros específicos e de montagem e programação de robôs. O Lego Zoom é um projeto educacional que faz parte da programação curricular de todas as disciplinas, da Educação Infantil ao Ensino Médio.

Leia Mais
...
14 de outubro de 2020

Parceira do Curso G9 conquista prêmio TOP Educação

GTEeN e GDroid procuram validar pesquisa para TBR 2020

Um encontro virtual, pela plataforma Meet, reuniu alunos das equipes de robótica GTEeN e GDroid com o agrônomo, Caio Tatamiya Rodrigues. O objetivo do bate-papo, em 14 de agosto, foi validar as propostas de pesquisa de ambas as equipes, que se preparam para disputar o Torneio Brasil de Robótica (TBR).

 

“A entrevista foi essencial para que, a partir do que pesquisamos e reunimos de informações, pudéssemos organizar nossas ideias, ajudando, assim, a definir com exatidão o rumo de nossa pesquisa”, disse o aluno Pedro Mouallem, da 3ª série do Ensino Médio (Turma M32) e integrante da GDroid. Caio Rodrigues é pai dos alunos Inayá Ahau Tatamiya Medeiro, da 2ª série do Ensino Médio (Turma M22), e Isabela Silva Tatamiya Rodrigues, da Educação Infantil (Turma E53).

 

Esse foi o segundo encontro virtual das duas equipes com profissionais da área. O primeiro bate-papo virtual foi com Douglas Mariano de Souza, da Faculdade de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de Lavras; na ocasião, os alunos conversaram sobre as atuais tecnologias e técnicas agrícolas ligadas à fitossanidade, bem como questões que envolvem a integridade vegetal e que poderiam ser abordadas no projeto da equipe.

 

TBR 2020

A GTEeN irá disputar a Categoria Middle 2 do Torneio Brasil de Robótica 2020, voltada aos alunos de 12 a 15 anos, e tem como proposta de pesquisa identificar um problema relacionado à erradicação de pragas e doenças de plantas ou gerenciá-las melhor quando isso não for possível, estudá-lo e propor uma solução inovadora. Em 2019, a GTEeN foi a campeã geral da categoria Middle da Fase Nacional do TBR, título inédito para Itajubá.

 

Já a GDroid disputará a Categoria High, para alunos de 15 a 19 anos, e deve identificar um problema relacionado à proteção de plantas que são a primeira linha de defesa contra pragas e doenças, estudá-lo e propor uma solução inovadora.

 

 

Leia Mais
...
19 de agosto de 2020

GTEeN e GDroid procuram validar pesquisa para TBR 2020

GnORANGE representará Curso G9 no Arduino Challenge do Inatel

A GnORANGE venceu a seletiva interna e irá representar o Curso G9 no Arduino Challenge, tradicional torneio de robótica promovido pelo Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações), de Santa Rita do Sapucaí. A competição aconteceu neste domingo, 2 de agosto.

 

A GnORANGE é formada pelos alunos Vinicius Ferreira dos Santos, Rafael Neves e João Pedro Tilmann. A seletiva reuniu outras duas equipes: os Bibis é composta pelos alunos João Matheus de Oliveira Nunes Campos, Gabriel de Campos Irineu Santana e Manuela Vilas Boas e Silva; e a Techssaur, formada por Anna Luiza Pereira Abelha, Guilherme Brites Siqueira e Vinicius Souza Santos.

 

O Curso G9 tem histórico de vitórias no torneio, que reúne alunos de todo o país. Das três participações, o colégio foi duas vezes campeão e ficou em 2º lugar em uma oportunidade.

 

A seletiva aconteceu em dois turnos: na parte da manhã, as três equipes participaram de um treinamento ministrado por monitores do Inatel; e, à tarde, ocorreram as provas. Ambas aconteceram de forma online, pela plataforma Zoom.

 

“A disputa foi muito acirrada desde o início e, por pequena diferença, a GnORANGE se classificou para representar a escola nas semifinais”, explicou o professor de Matemática e mentor das equipes, Vicente Carlos Martins. Também é mentor o professor de Matemática, Mateus Bibiano Francisco. As semifinais devem ser realizadas em 24 e 25 de setembro, durante a Fetin (Feira Tecnológica do Inatel), também de forma online. 

 

O Torneio Arduino Challenge é um programa de iniciação à Engenharia, o qual visa mostrar aos seus participantes uma das várias facetas que essa modalidade pode adquirir, tem como principal motivador uma competição de robótica e usa a programação Arduino. O público-alvo do projeto são alunos do 9° ano do Ensino Fundamental II ao 2° ano do Ensino Médio.

 

O treinamento e a realização da seletiva foram conduzidas por Diego Henrique da Costa, engenheiro de computação e coordenador do Arduino Challenge, e teve como instrutores Guilherme Miguel Roque, graduando de engenharia de Controle e Automação, Gustavo Aguiar Paiva, graduando de engenharia de Telecomunicações, Sávio Gomes Leite, graduando de engenharia de Computação, e Rebeca de Cássia Gonçalves Siqueira, graduanda de engenharia de Controle e Automação.

Leia Mais
...
04 de agosto de 2020

GnORANGE representará Curso G9 no Arduino Challenge do Inatel

GDroid e GTEeN em preparação para o Torneio Brasil de Robótica

As equipes de robótica do Curso G9, GDroid e GTEeN, adaptaram as atividades de preparação para os torneios, em especial o TBR (Torneio Brasil de Robótica), em novas plataformas digitais. Isso foi necessário diante do necessário isolamento social para combater a Covid-19. Uma delas é a Open Roberta Lab, que consiste numa simulação das ações do robô em um tapete virtual.

 

“A quarentena nos impôs uma nova realidade, de aulas e encontros por meio das plataformas virtuais”, explicou o professor de Matemática, Vicente Carlos Martins, um dos mentores das equipes. “Com esforço e dedicação, os alunos superaram esse primeiro desafio e, desde então, mantêm uma rotina online de preparação”, completou.

 

Para o também professor de Matemática e mentor das equipes, Mateus Bibiano Francisco, “o trabalho exige dos alunos esforço e ações empreendedoras para obtenção de produtos nos itens de avaliação do TBR”. Nas competições, são analisados os seguintes itens: Tecnologia e Engenharia (alunos programam e simulam ações de um robô com auxílio do Open Roberta Lab); Pesquisa (com embasamento em referenciais e indicações advindas da entrevista com profissionais da área de fitossanidade); e Organização e Método (a dinâmica do trabalho colaborativo).

 

Como exemplos, citou que a organização de rifas e do bingo virtual são ações que entram na avaliação da Organização e Método. Na Pesquisa, Mateus Francisco lembrou que uma das atividades realizadas neste ano pela GTEeN e GDroid foi um bate-papo virtual com Douglas Mariano de Souza, estudante de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de Lavras. A conversa foi sobre as atuais tecnologias e técnicas agrícolas ligadas à fitossanidade, bem como questões que envolvem a integridade vegetal e que poderiam ser abordadas no projeto da equipe.

 

Neste ano, o TBR será realizado de forma online. Em 2019, a equipe GTEeN conquistou título inédito para Itajubá: ela foi a campeã geral da categoria Middle da Fase Nacional Torneio Brasil de Robótica (TBR). A competição reuniu 900 participantes, de todas as regiões do país. Clique aqui para saber mais.

Leia Mais
...
20 de julho de 2020

GDroid e GTEeN em preparação para o Torneio Brasil de Robótica

Equipes de robótica do Curso G9 realizam bingo virtual

Um momento de descontração e encontro virtual da comunidade escolar. Assim foi o 1º Bingo Virtual das equipes de robótica, que reuniu pais, alunos, professores e gestores do colégio em 10 de julho. O encontro contou com a participação de 150 pessoas por meio do Google Meet, uma das plataformas utilizadas pelo Curso G9 neste período de necessário isolamento social para combater a propagação da Covid-19.

 

O Bingo Virtual foi organizado pela equipe GDroid, com participação da equipe GTEeN. Ambas irão disputar a versão online da edição 2020 do Torneio Brasil de Robótica (TBR). Em 2019, a GTEeN conquistou título inédito para Itajubá: ela foi a campeã geral da categoria Middle da Fase Nacional Torneio Brasil de Robótica (TBR). Clique aqui para saber mais.

 

“O dinheiro arrecadado será suficiente para cobrir os custos que as equipes terão para participar das etapas regional e nacional do torneio, bem como para cobrir pequenas demandas nessa preparação, como a confecção de uniformes e maquetes”, explicou o professor de Matemática e um dos mentores das equipes, Mateus Bibiano Francisco. Ele lembrou que a realização do bingo, que acontecia na festa junina do colégio, sempre ficou sob a responsabilidade dos alunos. Neste ano, em função da quarentena, ousaram em promover o encontro de maneira online.

 

As equipes foram responsáveis por toda a organização do bingo: elas confeccionaram e venderam as cartelas por meio de depósitos bancários; enviaram comprovantes e orientações aos participantes; criaram artes gráficas para a divulgação do encontro nas redes sociais; cuidaram da contabilidade interna; e gerenciaram o banco de dados durante as rodadas virtuais. Todo o trabalho teve a mediação de Mateus Francisco e de Vicente Carlos Martins, também mentor das equipes de robótica do Curso G9. 

Leia Mais
...
16 de julho de 2020

Equipes de robótica do Curso G9 realizam bingo virtual

TOPO