Loader Image

NOTÍCIAS

Curso G9 abre processo seletivo para bolsas no Pré-vestibular 2024

Estão abertas, até 22 de fevereiro, as inscrições para o processo seletivo de bolsa de estudo para o Pré-vestibular do Curso G9 2024. O critério para a concessão dos descontos é a nota que o candidato obteve no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2023: quando maior a nota, maior o desconto.

 

Para participar, os candidatos devem se inscrever pelo link: https://cursog9.com/bolsas/, lembrando que é fundamental anexar uma cópia do relatório de notas do ENEM, obtido no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (INEP).

 

Após o envio dos documentos, o candidato receberá a confirmação da inscrição via e-mail. Caso não receba a resposta, é necessário entrar em contato com a escola para verificar o processamento dos dados. O telefone é (35) 3623-1877.

 

Reunião Presencial

O processo seletivo inclui também uma reunião presencial com todos os candidatos. O encontro será no Curso G9, em 23 de fevereiro, às 14h. O colégio fica na Avenida Doutor Jerson Dias, 175, bairro Estiva – é a mesma avenida da Prefeitura de Itajubá e do Teatro Municipal Christiane Riera.

 

O encontro visa apresentar a estrutura e o funcionamento do Curso G9, as normas e valores da instituição, as regras do Pré-vestibular e o material do Geekie One. Também será divulgada a classificação dos candidatos e o percentual de desconto, de acordo com a colocação. O início das aulas será em 4 de março.

 

Para obter mais informações ou esclarecer dúvidas, os interessados podem entrar em contato com o Curso G9 pelo telefone (35) 3623-1877. Para saber mais sobre o Pré-vestibular do Curso G9, clique aqui.

Leia Mais
...
22 de janeiro de 2024

Curso G9 abre processo seletivo para bolsas no Pré-vestibular 2024

Alunos do G9 são destaque na Etapa Verão do Circuito das Estações de Xadrez

Atletas do Curso G9 se destacaram na etapa de Verão do Circuito das Estações Genius 2023. O evento foi realizado, nos dias 16 e 17/12 no Curso G9. Esta foi a última etapa do circuito, que no total recebeu mais de 800 inscrições no ano.

 

O Circuito é realizado pela Genius Academia de Xadrez e é composto por dois torneios: o Escolar, destinado a crianças de até 13 anos de idade; e o torneio Rápido FIDE/CBX, aberto para qualquer idade.

 

 

Confira a classificação dos nossos atletas:

 

SUB 09 FEMININO

1º - Giovanna Almeida Magalhães

6º - Júlia Neves de Araújo

7º - Alice Grimm de Faria Favale

 

SUB 11 FEMININO

2º - Laura Zambrana Lúcio

3º - Sofia Brito Riera

6º - Ana Julia Matos Fernandes

8º - Letícia Gonçalves Dias

 

SUB 07 MASCULINO      

2º - Nikolas Ribeiro dos Santos Cunha

3º - Iago Alkmin dos Santos

6º - Murilo Gabriel Toledo Dias

7º - Leonardo Giaj Levra Bittencourt

 

SUB 09 MASCULINO

4º - Rafael Vinícius Toledo Dias

6º - Diogo Zambrana Lúcio

11º - Gustavo Raposo Tiengo

14º - Bernardo Bueno Chiaradia

 

SUB 11 MASCULINO

6º - Davi Brito Riera

7º - Samuel Rangel Bustamante

10º - Gabriel Grimm de Faria Favale

 

SUB 13 MASCULINO

2º - André Bernardo Britto

 

SUB 18

1º - Renan de Souza Stockler Morais

7º - Joao Henrique de Oliveira Bezerra

 

ABSOLUTO

2º - Enzo de Almeida Ramos

Leia Mais
...
20 de dezembro de 2023

Alunos do G9 são destaque na Etapa Verão do Circuito das Estações de Xadrez

Alunos do Ensino Médio constroem “Ponte de Macarrão” em projeto de Física

Alunos do 1º ano do Ensino Médio (Turmas M11 e M12) apresentaram, em 1º de dezembro, a culminância do projeto de Física intitulado “Ponte de Macarrão”, coordenado pela professora Pâmella Duarte dos Santos.

 

Esse projeto envolveu a construção, pelos alunos, de pontes com macarrão e colas, seguindo alguns critérios específicos e iniciado em outubro. A proposta possibilitou a compreensão da estática dos corpos rígidos e permitiu estabelecer relações entre o ensino da física e o cotidiano dos estudantes.

 

O objetivo era verificar, na prática, se as pontes construídas pelos alunos resistiriam ao maior esforço possível antes de romperem.  Para tanto, as turmas contaram com a competência do professor Giovanni Henrique Faria Floriano para projetar a mesa de testes, que foi feita pelo sr. João Roque, da Manutenção.

 

“Foi divertido, dinâmico e motivador. Parabéns a todos os que se envolveram na realização do projeto. Que deixe boas lembranças e um sólido aprendizado”, disse a professora.

Leia Mais
...
11 de dezembro de 2023

Alunos do Ensino Médio constroem “Ponte de Macarrão” em projeto de Física

Alunos do 8º ano fazem apresentação circense “Cartola do André”

Uma tarde de pura diversão: assim foi a apresentação do circo “Cartola do André”, um projeto interdisciplinar desenvolvido com os alunos do 8º ano do Ensino Fundamental II , para os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I.

 

“O circo Cartola do André é um projeto interdisciplinar desenvolvido com os alunos 8º ano. Durante o segundo trimestre, as turmas estudaram sobre as manifestações artísticas circenses que aconteceram em muitos países, como Índia, Egito, China e Itália, sendo o Circus Maximus, em Roma, uma das origens mais conhecidas”, explicou o professor de Arte, André Felipe de Oliveira Andrade.

 

De acordo com o professor, os alunos aceitaram a proposta desde o início. “No começo, tiveram dificuldade em encontrar as habilidades para a montagem dos números do circo, porém, cada um correu atrás do seu talento, muitos ensaios aconteceram e, com sucesso, o “circo Cartola do André”, foi apresentado com excelência”, disse.

 

HISTÓRIA

O Circus Maximus era um local destinado ao lazer e entretenimento do povo romano, aconteciam espetáculos de palhaços, malabares, contorcionistas,  engolidores de fogo, além de apresentações de eventos de jogos e corridas de cavalos.

 

Em sua origem, o circo estabelecia sua apresentação em um lugar fixo. Mais tarde, surgiram as companhias circenses, que se deslocavam de uma cidade para outra com espetáculos itinerantes.

 

“No  século XVIII, o circo passa a apresentar uma estrutura em um picadeiro circular. No Brasil, esse estilo de circo geralmente é administrado por famílias e passado de geração a geração. Já o circo contemporâneo ou novo circo é caracterizado por grandes espetáculos ou shows”, destacou.

Leia Mais
...
07 de dezembro de 2023

Alunos do 8º ano fazem apresentação circense “Cartola do André”

Projeto Lojinhas ensina matemática financeira de forma lúdica aos alunos do 6º ano

Alunos do 6º ano do Ensino Fundamental II (Turmas F61 e F62) apresentaram aos pais e professores o resultado do Projeto Lojinhas, desenvolvido na disciplina de Matemática, com o professor Vicente Carlos Martins.

 

Vinculado ao projeto, também teve a exposição de um álbum de fotografias, que foi trabalhado nas disciplinas de Arte, Geografia, História,  Inglês e Literatura.

 

O Projeto Lojinhas foi retomado este ano no 1º trimestre. Nas aulas de Matemática, os alunos usaram de muita criatividade e negociação para a criação de suas Lojinhas e nelas simularam as negociações de compra e venda, contextualizando assim, todo o conteúdo que era ensinado em sala de aula.

 

“Isso tornou mais fácil a familiaridade com os termos da matemática financeira, como porcentagem, modalidades de vendas, preços de custo e de venda, descontos e juros. As Lojinhas propiciaram várias habilidades como o uso das planilhas Google que envolvem programação de fórmulas, o uso da calculadora em sala de aula e a mais importante delas, o trabalho em equipe”, explicou o professor Vicente Carlos Martins.

 

ÁLBUM DE FOTOGRAFIAS

A construção de um álbum de fotografias também foi vinculado a esse projeto. Esse álbum foi trabalhado nas disciplinas de Arte, Geografia, História,  Inglês e Literatura, concomitantemente, com a obra “Os meninos morenos” de Ziraldo. 

 

Os alunos resgataram através de fotografias e relatos momentos inesquecíveis que fizeram parte da vida de cada um. Assim, o álbum transformou-se em um livro de memórias trazendo um pouquinho da história, da família e dos afetos que se constroem, dia após dia, ao longo da vida. Os pais dos alunos tiveram a oportunidade de comprá-lo no encerramento do projeto.

Leia Mais
...
30 de novembro de 2023

Projeto Lojinhas ensina matemática financeira de forma lúdica aos alunos do 6º ano

Alunos do 8º visitam empresa Água Serra da Mantiqueira

Alunos do 8º ano  do Ensino Fundamental II visitaram, em 1º de novembro, a empresa Água Serra da Mantiqueira no município de Delfim Moreira. A atividade é um desdobramento do que as turmas estudaram na disciplina de Geografia, com o professor Clóvis José Fernandes.

 

O grupo foi acompanhado pela coordenadora pedagógica do segmento, Andrea Rodrigues Fortes Ribeiro, e pelo professor Marcelo Calderaro.

 

“O objetivo do estudo é analisar a importância dos recursos hídricos, discutindo os desafios relacionados à gestão e comercialização da água”, explicou Clóvis Fernandes.

 

Durante a visita, os alunos conheceram o laboratório de análise, o sistema de engarrafamento, o armazenamento e como é feita a distribuição da água. Receberam também orientações sobre as certificações e autorizações necessárias para que a empresa funcione.

Leia Mais
...
06 de novembro de 2023

Alunos do 8º visitam empresa Água Serra da Mantiqueira

Curso G9 promove palestra “Família e Internet: como aumentar nossa segurança”

O Curso G9 promoverá, no próximo dia 8 de novembro, a palestra “Família e Internet: como aumentar nossa segurança”. A convidada é Sheylli Caleffi, treinadora de comunicação e oratória, ativista pela erradicação da violência sexual há mais de dez anos e coordenadora de um grupo de apoio com mais de quatro mil membros. O evento será no G9, às 19h30.

 

Entre os objetivos do evento, destacam-se:

Fortalecer as famílias (pais e cuidadores) para que consigam aumentar a proteção em relação aos riscos atuais de interações no ambiente virtual, especialmente os relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes;Conhecer a atuação de criminosos e suas principais abordagens;Entender como funcionam as plataformas digitais e como utilizá-las para efeitos positivos;Aprender a iniciar conversas constantes em casa para que toda a família fique protegida;Compreender como a interação nas redes pode gerar problemas psicológicos e práticos na vida de crianças e adolescentes como vício em telas, insônia, falta de concentração e raiva, além de questões de sociabilidade.

 

INSCRIÇÃO

A entrada é franca. A escola, através de seu projeto social, solicita a doação de 01 kg de alimento não-perecível em prol de instituições sociais de nossa cidade.

 

A inscrição pode ser feita na Secretaria do Curso G9 ou pelo telefone (35) 3623-1877 até o dia 07/11. As vagas são limitadas.

 

Vale destacar que, por conta do conteúdo e abordagem da palestra, é vedada a participação de menores de 18 (dezoito) anos.

Leia Mais
...
31 de outubro de 2023

Curso G9 promove palestra “Família e Internet: como aumentar nossa segurança”

Alunos do 7º ano conversam com jornalista do Estadão sobre sustentabilidade

Ao longo do 3º trimestre, os alunos do 7º ano do Ensino Fundamental II estudaram sobre o texto jornalístico nas aulas de redação com a professora Cláudia Fortes. Nessas aulas, aprofundaram o estudo ao lerem quatro reportagens redigidas pela jornalista Paula Ferreira do jornal Estado de S. Paulo (Estadão) sobre a sustentabilidade no meio ambiente, principalmente na Amazônia.

 

Paula Ferreira esteve presente para a cobertura do evento “Cúpula da Amazônia”, ocorrido em agosto deste ano, no Pará. Assim, os alunos tiveram a oportunidade de conhecê-la através de uma entrevista online  para enriquecer essa aprendizagem.

 

“Como jornalista, me senti muito orgulhosa de poder conversar com estudantes tão preocupados com a realidade do Brasil e com questionamentos tão pertinentes. Tenho certeza de que aprendemos muito uns com os outros durante a atividade e fico feliz por ter mostrado um pouco da importância do acesso à informação para a construção de uma sociedade mais justa”, disse Paula Ferreira

 

Quem é a jornalista Paula Ferreira?

Paula Ferreira nasceu em Cachoeira Paulista (SP), entretanto tem um laço afetivo com Itajubá, pois seus avós paternos são itajubenses e seu pai também nasceu nessa cidade.

 

É jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Faz nove anos que ela trabalha nessa profissão. Seu primeiro estágio foi na Rede Bandeirantes, depois passou a trabalhar no jornal O Globo, no Rio de Janeiro. Em 2015, fez uma série nesse jornal sobre “Escolas buscam formas de educar em meio a cotidiano de violência”, em que ganhou o Prêmio ExxonMobil de Jornalismo, também conhecido como Prêmio Esso, na categoria Educação. Esse Prêmio é a mais importante distinção conferida a profissionais de imprensa no Brasil. Hoje, trabalha para o jornal Estado de S. Paulo, em Brasília, fazendo matérias sobre política pública.

 

Recentemente, esteve no evento Cúpula da Amazônia 2023, em que teve a oportunidade de fazer várias reportagens sobre a vida dos ribeirinhos dessa região. Entre 30 de novembro e 12 de dezembro deste ano, estará em Dubai, nos Emirados Árabes, para a Conferência das Nações Unidas (COP 28) sobre as mudanças climáticas.

Leia Mais
...
27 de outubro de 2023

Alunos do 7º ano conversam com jornalista do Estadão sobre sustentabilidade

Exposição dos trabalhos da Feira do Conhecimento 2023 será nos dias 19 e 20 de outubro

A exposição de trabalhos e apresentações artísticas da Feira do Conhecimento 2023, que tem como tema central “Fotografia de Sebastião Salgado: Espelho da Realidade”, acontecem nesta quinta (19/10) e sexta (20/10), nas dependências do Curso G9.

 

A Feira do Conhecimento é o maior projeto institucional do Curso G9 e tem a missão de compartilhar conhecimento com a comunidade em geral.  O projeto envolve alunos da Educação Infantil ao 2º ano do Ensino Médio.

 

Durante o primeiro e o segundo trimestres, os alunos, orientados pelos professores, realizam  pesquisas e discussões de aprofundamento, participam de bancas de avaliação e da criação da logo para a divulgação desse evento. No terceiro trimestre, acontece a culminância do projeto com a exposição, para o público, do trabalho realizado.

 

Confira a programação:

 

19/10 – QUINTA-FEIRA

8h: Publicação do site da Feira do Conhecimento 2023: cursog9.com/feira8h às 12h e 14h30 às 17h: Exposição dos trabalhos no Curso G913h30: Musical | Educação Infantil - Apresentação16h: Coral G9 Em Canto – Sala de Arte17h: Musical | 1º ano EF I – Apresentação18h: Apresentações Artísticas | EF II e EM

 

20/10 – SEXTA-FEIRA

8h às 12h: Exposição dos trabalhos13h30: Musical | Educação Infantil – Apresentação14h30: Apresentações Artísticas | EF II e EM16h: Coral G9 Em Canto – Sala de Arte17h: Musical | 1º Ano EF I – Apresentação

Leia Mais
...
18 de outubro de 2023

Exposição dos trabalhos da Feira do Conhecimento 2023 será nos dias 19 e 20 de outubro

Curso G9 é top 5 no Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar

O Curso G9 conquistou, pela segunda vez consecutiva, o quinto lugar geral no Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar, organizado pela Confederação Brasileira de Xadrez. A edição 2023 foi realizada entre os dias 13 e 15 de outubro, nas dependências do Colégio Militar, em Belo Horizonte (MG). O torneio reuniu 458 crianças e adolescentes, de 16 estados brasileiros.

 

O grande destaque do Curso G9 foi a aluna Giovanna Magalhães de Almeida, que venceu a Categoria Sub 08 Feminina, o seu sétimo título em torneios nacionais. O colégio também conquistou ainda dois terceiros lugares: Julia Neves na Sub 08 Feminino e Renan Morais, na Sub 16 Masculino.

 

Já Iago Alkmin ficou em 4° lugar na Categoria Sub 05 Masculino e Diogo Zambrana, em 10° lugar, na Sub 08 Masculino. Também integraram a equipe do Curso G9 os alunos Laura Zambrana  (14° lugar na Sub 11 Feminino), Enzo Almeida  (12° lugar na Sub 13 Masculino) e Luisa Aimi (14° lugar na Sub 09 Feminino).

 

“Somos top 5 no xadrez nacional, mais uma vez, graças ao desempenho de todos os nossos atletas de nossa delegação: todos se empenharam muito e conquistamos bons resultados”, explicou o professor de Xadrez do Curso G9, Antônio Martins. “O resultado é fruto do trabalho realizado pelo colégio há mais de uma década e à intensa preparação que tivemos desde o início do ano letivo”, completou.

 

Em 2022, o Curso G9 também conquistou a 5ª colocação geral no Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar, realizado em Poços de Caldas.

 

HEPTACAMPEÃ

“Estou muito feliz por conquistar mais um título, pois me preparei todos os dias para conseguir fazer o meu melhor. Também pedia a Deus para acalmar meu coração durante as partidas, e Ele cuidou de tudo”, disse a agora heptacampeã brasileira Giovanna Magalhães de Almeida, que é mestra nacional em Xadrez.

 

Giovana Almeira disse que está “muito feliz em reencontrar tantos amigos que fiz no xadrez e estar levando tantos outros amigos para os campeonatos comigo”. Com vitória, é a terceira vez que vence o Campeonato Brasileiro Xadrez Escolar – ela também foi campeã em 2020 e 2021. Os outros quatro títulos aconteceram no Festival Nacional da Criança (Fenac) – Ritmo Rápido (2022 e 2023), Ritmo Blitz (2023) e Ritmo Clássico (2023).

Leia Mais
...
16 de outubro de 2023

Curso G9 é top 5 no Campeonato Brasileiro de Xadrez Escolar

Dois alunos conquistam medalhas em olimpíada de programação do Inatel

Os alunos do Ensino Médio Apolo Ribeiro Bagattini (Turma M31), Caio Crhistopher Fernandes Ribeiro (Turma M31), João Pedro Tilmann de Souza (Turma M32) e Thiago Oliveira Turma M21) participaram da final do Programação 1.0, no MAPI (Maratona Anual de Programação do Inatel).

 

O Curso G9 conquistou duas medalhas: João Pedro ficou em 2º lugar e Apolo Ribeiro, em 3º lugar. Parabéns aos alunos e ao professor Mateus Francisco. Os quatro conquistaram vaga na final durante seletiva realizada em maio passado.

 

A final aconteceu nos dias 05 e 06 de outubro no Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações), em Santa Rita do Sapucaí. A competição envolveu mais de 40 alunos de várias instituições de ensino da região.

 

A MAPI  é uma competição intercolegial no formato de olimpíada de programação que acontece dentro do campus do Inatel. Promovida pelo Núcleo de Relacionamento com Colégios da faculdade, reúne os melhores alunos, classificados durante a etapa de treinamento previamente realizado em cada unidade escolar convidada para o Programação 1.0 em 2023.

 

A competição leva em conta a linguagem de programação Python como ferramenta para estímulo do raciocínio lógico, criatividade e preparação dos jovens para os desafios futuros do mercado de trabalho.

 

Saiba mais sobre o Ensino Médio neste link.

Leia Mais
...
08 de outubro de 2023

Dois alunos conquistam medalhas em olimpíada de programação do Inatel

Turmas do 7º ano aprendem conceitos sobre balé nas aulas de Arte

As turmas do 7º ano do Ensino Fundamental II (Turmas F71 e F72), nas aulas de Arte, no começo do 3º trimestre, iniciaram o estudo da linguagem artística que a humanidade utiliza desde os tempos remotos: a dança.

 

“Dentro dessa linguagem existem várias possibilidades de estudo, como o balé. Os alunos tiveram que preparar aulas invertidas e puderam aplicar seus conhecimentos sobre o assunto para seus colegas, e juntos fazerem uma troca de aprendizagens”, explica o professor André Felipe de Oliveira Andrade.

 

De acordo com o professor, uma das coisas que mais impressionou os alunos foi que o balé clássico, inicialmente, era dançado por homens, que interpretavam os papéis masculinos e também os femininos. Apenas a partir do século XVII as mulheres ganharam espaço e destaque nos espetáculos desse tipo de dança.

 

Durante as aulas, os alunos puderam conhecer e praticar as cinco posições dos pés, que se tornaram as regras básicas de todo o aprendizado da dança clássica, criadas por Pierre Beauchamp.

 

“O conhecimento sobre o balé clássico não parou por aí, podemos aprender também sobre os aspectos do desenvolvimento do balé, o contexto histórico do seu surgimento, diversas características e a estética propagada por essa arte”, disse.  “Os aluno se empenharam em tudo o que foi proposto, confiram as atividades práticas que os alunos realizaram em sala”, completou.

Leia Mais
...
05 de outubro de 2023

Turmas do 7º ano aprendem conceitos sobre balé nas aulas de Arte

Alunos do Curso G9 vencem 2 categorias e conquistam 13 medalhas em Torneio de Xadrez

Atletas do Curso G9 venceram duas categorias e conquistaram outras 11 medalhas na última etapa do Torneio Interescolar 2023, realizada no Colégio Anglo, em 30/09. Giovanna Almeida Magalhães venceu Categoria B – Feminino e Laura Zambrana Lúcio, a venceu Categoria B – Feminino.

 

O Torneio Interescolar é uma parceria inédita entre as escolas Curso G9, Empreender, Colégio Sagrado Coração de Jesus (CCSJ) e XIX de Março. O evento é organizado pela Genius – Academia de Xadrez, com apoio dos quatro colégios.

 

Saiba como foram as etapas no Curso G9, Colégio Empreender e Colégio XIX de Março.

 

Confira a classificação dos alunos do Curso G9:

 

CATEGORIA A – MASCULINO

2º: Iago Alkmin dos Santos

3º: Murilo Gabriel Toledo Dias

9º: Davi Antonio Silva

 

CATEGORIA B – FEMININO

1º: Giovanna Almeida Magalhães

2º: Luísa Aimi Paiva Seguchi

3º: Júlia Neves de Araújo

4º: Alice Grimm de Faria Favale

 

CATEGORIA B – MASCULINO

5º: Nikolas Ribeiro dos Santos Cunha

6º: Diogo Zambrana Lúcio

7º: Gustavo Raposo Tiengo

8º: Rafael Vinícius Toledo Dias

 

CATEGORIA C - FEMININO

1º: Laura Zambrana Lúcio

5º: Ana Julia Matos Fernandes

7º: Catarina Germiniani Aguiar

9º: Letícia Rodrigues Faria

 

CATEGORIA C – MASCULINO

3º: Davi Brito Riera

5º: Gabriel Grimm de Faria Favale

10º: Nícolas Oliveira Tredicci

Leia Mais
...
04 de outubro de 2023

Alunos do Curso G9 vencem 2 categorias e conquistam 13 medalhas em Torneio de Xadrez

Alunos do 6º ano fazem esquetes teatrais sobre o livro Diário de Pilar na Amazônia

Os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental II (Turmas F61 e F62) desenvolveram diversos textos dramáticos durante as aulas de Redação, com a professora Cláudia Fortes. Depois, dividiram-se em grupos e com muita criatividade criaram o roteiro de esquetes teatrais, além de projetarem o cenário para a apresentação.

 

As turmas tiveram como personagens um fantasma e os protagonistas do livro Diário de Pilar na Amazônia (Pilar e Breno), da escritora Flávia Lins e Silva.

 

“Os alunos leram a obra, escreveram o texto dramático e ensaiaram durante algumas aulas. Com muita dedicação e alegria, fizeram uma linda apresentação”, explica a professora Cláudia Fortes.

 

“Na minha opinião, o teatro foi uma experiência incrível para todos nós. Nele, trabalhamos nossa imaginação, vocabulário e a parte artística dentro de nós; também desenvolvemos o controle de nossas emoções. Sou muito grato por essa oportunidade”, disse o aluno Lucas Rodrigues Leite (Turma F61).

 

Para Letícia Leite Barca, também da Turma F61, “Achei cada apresentação melhor que a outra.  Gostei muito da minha performance e adorei o figurino de todos. Também adorei o cenário e achei que todos sabiam muito bem suas falas”, destacou.

 

Opinião semelhante da aluna Maria Júlia Silva Camargo, da F61. “Gostei muito de fazer o teatro, foi bem trabalhoso, mas o meu grupo ajudou bastante. Todos colaboraram com os ensaios e a produção do texto. A apresentação foi muito divertida”, disse.

 

Confira abaixo outros depoimentos sobre a atividade:

 

Eu adorei apresentar o teatro e escrever o roteiro. Estimulei minha criatividade e expressão artística durante o processo.

Lorenzo Rodrigues Quireli – Turma F61

 

Achei bem legal fazer o teatro. Construir o nosso próprio roteiro foi  mágico, e ainda mais podendo apresentá-lo. Eu adorei, foi realmente brilhante!

Ana Lívia Monti Bustamante – Turma F61

 

O teatro foi incrível! Eu participei e ajudei a fazer o roteiro. Também organizamos as roupas, o cenário e até conseguimos um gato de pelúcia para ser o Samba, gato de estimação da Pilar. Foi muito divertido!

Anelize Braga Guedes – Turma F62

 

Achei que o teatro foi muito legal e divertido, porque cada um fez uma peça teatral diferente.

Fiorella Panza Braga – Turma F62

 

Eu gostei muito das apresentações. Achei bem legal fazer uma história para encenar, também gostei do meu papel de fantasma.

André Bernardo Britto – Turma F62

Leia Mais
...
28 de setembro de 2023

Alunos do 6º ano fazem esquetes teatrais sobre o livro Diário de Pilar na Amazônia

GTEeN, equipe de robótica do Curso G9, é campeã e está na etapa nacional do TBR 2023

A GTEeN, equipe de robótica do Curso G9, é campeã da etapa Regional Sul de Minas do Torneio Brasil de Robótica (TBR) e está classificada para a fase nacional. A GnORANGE teve um ótimo desempenho, mas não avançou à próxima etapa.

 

A competição foi realizada no sábado, 16/09, em Cambuquira. Os mentores das equipes, professores  de Matemática, Mateus Francisco e Vicente Carlos Martins, que também coordenam o Clube de Ciências e a preparação dos alunos para as olimpíadas escolares, como a Canguru de Matemática.

 

O Curso G9 tem tradição em competições de robótica há mais de dez anos: no ano passado, por exemplo, a equipe Gdroid foi campeã de Tecnologia e Engenharia da Categoria High e, a GnORANGE, campeã em Mérito Científico da Categoria Middle 2.

 

TBR 2023

Para Mateus Francisco, a GTEeN, equipe composta em sua grande maioria por veteranos, mostrou-se mais uma vez preparada para os desafios da temporada 2023, obtendo excelentes resultados nos mais variados critérios de avaliação. “Com certeza, seguiremos aperfeiçoando o trabalho, levando em conta as sugestões da regional e procurando obter o melhor resultado possível na fase nacional, que acontecerá em Brasília”, disse.

 

“Com união, dedicação e esforço nos classificamos para a etapa nacional. Estamos extremamente animados com essa oportunidade e, até lá, comprometidos em aprimorar ainda mais o nosso trabalho. Vamos continuar com nossas atividades regulares, de Mérito Cientifico e Organização e Método, e aperfeiçoar nosso robô para cada vez mais atingirmos uma pontuação melhor”, explicou Daniel Gonçalves, membro da GTEeN.

 

Daniel Gonçalves lembra que, ao longo dos três anos em faz parte da equipe, testemunhou sua evolução constante. “Entrei para o grupo durante a pandemia, cheio de incertezas e sem compreender totalmente o que esperar. No entanto, agora posso afirmar, com absoluta certeza, que essa decisão foi uma das melhores da minha vida”, expliou.

 

“Tive a oportunidade de conhecer pessoas extraordinárias e compartilhar longas jornadas com elas, criando laços de amizade e confiança. Durante esse período me desenvolvi como estudante, aprimorando minha capacidade de trabalho em equipe e aprendendo a lidar com a pressão das competições. Ao chegar ao meu terceiro ano do ensino médio, percebo que não somos apenas uma grupo, mas sim uma família, unida de maneira singular e incomparável. Esta jornada tem sido uma experiência de crescimento pessoal e laços que levarei para toda a vida”, completou.

 

EQUIPES

A GTEeN tem como membros, além de Daniel Ginçalves, os alunos: Gabriel de Campos Irineu Santana, Caio Crhistopher Fernandes Ribeiro, Fabiano da Silva Oliveira Junior, Pedro Féris Rennó El Alam, João Pedro Tilmann de Souza, Leonardo de Oliveira Gomes, Mariana Amorim Santos, Rafael Neves de Moraes Castro e Rafael Scianni Maragon Lima.

 

Já a GnORANGE é formada por: Isabella de Oliveira Nunes Campos, Henrique Ribas Vieira Esper, Priscilla Gabriely de Oliveira, Daniel Ferreira Olímpio, Carlos Henrique Cavalcanti Robertson Schmitz, Valentina Barbosa Marcellini, Pedro Minoru Zambrana Enomoto, Mateus Dala Rosa Soares David, João Gabriel Spazzapan Zoccal e Lucas Rodrigues Leite.

Leia Mais
...
20 de setembro de 2023

GTEeN, equipe de robótica do Curso G9, é campeã e está na etapa nacional do TBR 2023

Alunos do Ensino Médio são vice-campeões da 43ª Jornada de Foguetes

Os alunos Caio Christopher e Daniel Gonçalves, ambos da 3ª série do Ensino Médio (Turma M31), conquistaram o 2º lugar na 43ª Jornada de Foguetes, realizada entre os dias 11 e 14 de setembro, em Barra do Piraí/RJ.

 

O evento reuniu 76 equipes, de todas as regiões do país, que foram classificadas na fase de lançamento dos foguetes da Mostra Brasileira de Foguetes (MFGOG), que acontece em paralelo à Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA).

 

A Mostra Brasileira de Foguetes é uma olimpíada inteiramente experimental, pois consiste em construir e lançar, obliquamente, foguetes, a partir de uma base de lançamento, o mais distante possível. Foguetes e bases de lançamentos devem ser construídos por alunos individualmente ou em equipes de até três componentes. Podem participar alunos do primeiro ano do Ensino Fundamental até os do último ano do Ensino Médio. Em 2022, duas equipes do Curso G9 conquistaram medalha de ouro na 16ª MOBFOG.

 

“Como foi nossa primeira experiência na jornada, ficamos muito felizes com o resultado. O ambiente proporcionou uma troca de experiências que, com toda certeza, irão nos auxiliar na continuidade do projeto em nossa escola”, explicou o professor de Matemática Mateus Francisco, mentor da dupla. “As inúmeras atividades da jornada evidenciaram vínculos com as mais variadas áreas do conhecimento, mostrando que a construção de foguetes pode estar atrelada a uma aprendizagem significativa”, completou.

 

Para Daniel Gonçalves, a Jornada de Foguetes foi interessante em vários aspectos. “No primeiro dia, colocamos em prática a técnica que desenvolvemos durante os mais de 50 testes que fizemos e percebemos como estávamos bem-preparados, dando a confiança necessária para ousar no segundo dia e batermos a marca dos 300 metros, finalizando a competição em segundo lugar”, conta.

 

“Durante a jornada, compartilhamos e aprendemos diversos modos de construir um foguete, conhecemos equipes do Brasil inteiro, o que nos fez crescer como equipe. Isso, sem dúvida, pode ajudar as novas equipes em uma próxima jornada”, ressaltou.

Leia Mais
...
15 de setembro de 2023

Alunos do Ensino Médio são vice-campeões da 43ª Jornada de Foguetes

TOPO